Buscar
  • Yasmin Rezende Dias

Você sabe quais são os 3 Regimes Tributários?

Atualizado: 9 de fev.

É comum as pessoas pensarem que o Simples é o regime mais barato para a empresa. Porém, em todo caso recomendamos a realização de um planejamento tributário.

A baixo vamos falar um pouco dos regimes mais utilizados:

1 - Simples Nacional Os empresários costumam procurar o Simples Nacional em primeiro lugar, pois ele oferece: Alíquotas menores que os outros; Administração tributária mais simplificada, com a facilidade da arrecadação ser feita por meio do pagamento de uma única guia.

Como participar do Simples nacional?

Para participar deste regime tributário sua empresa precisa de:

Faturamento de R$ 4,8 milhões por ano, isso já de acordo com o novo teto que entrou em vigor desde janeiro de 2018.

Para você ter outras informações a respeito do Simples Nacional pode Clicar aqui. (site do simples)

2 - Lucro Presumido

Este regime tributário é bastante utilizado por prestadores de serviços, como: Médicos; Dentistas; Economistas, entre outros.

Para as empresas com o lucro superior a 32% do faturamento bruto, podem ter grandes vantagens nessa modalidade.

A apuração deste regime impacta no: Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ); A base de cálculo para recolhimento de impostos varia de acordo com a atividade de cada empresa.

Cálculos a serem realizados: IR; Contribuição social e os impostos PIS; Cofins e ISS sobre a receita; ICMS e IPI.

3 - Lucro Real

Neste regime, as empresas de maior porte costumam escolher esta modalidade de regime, sendo pouco utilizado pelas PMEs.

Por que é interessante para a empresa optar pelo Lucro Real?

No regime Lucro Real, a empresa paga o IR e a contribuição social sobre a diferença positiva entre receita da venda e os gastos operacionais em determinado período, ou seja, paga os impostos sobre o lucro contábil do período.

Este regime costuma interessar as empresas somente quando existe um grande volume de faturamento com negócios que possuem margens de contribuição curtas, sendo obrgatório para empresas que faturam acima de R$ 78 milhões por ano.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo